Matéria

  • Home /
  • Aquecedores a gás

Aquecedores a gás

Aquecedores a gás

Como funcionam e qual a diferença entre os gases?

São usados dois tipos de gases como combustível em aparelhos de aquecimento a gás: o liquefeito de petróleo (GLP) ou o gás natural (GN). No caso do vazamento destes gases, o risco é de explosão no ambiente. Por isso, recomenda-se não ligar nenhuma luz ou acender fósforo nestes casos. A esses produtos é aplicado um aditivo que provoca um forte de cheiro, justamente para alertar para o vazamento. É o que conhecemos como “cheiro de gás”. 
Para que os aparelhos funcionem, estes gases são queimados, e dessa combustão surgem novos gases, como o monóxido de carbono. Ele não tem cheiro, também não é possível que seja adicionado algum componente de odor, porque ele é produzido no momento da queima. Os aparelhos são projetados para conduzir esse gás para o exterior do ambiente, com dutos de exaustão, como chaminés. Segundo o presidente da Associação Brasileira de Aquecimento a Gás (Abagás), Leonardo Abreu, na maior parte dos acidentes envolvendo gás, o problema não está no aparelho, mas em falhas nas saídas de exaustão ou na ventilação do ambiente.
Instalação dos aparelhos
É necessária ser realizada de acordo com uma norma da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT), a NBR 13103, que entrou em vigor em 2013. De acordo com Abreu, esta norma estabelece qual o tamanho mínimo do ambiente para ser instalado o aquecedor, de acordo com o tipo de aparelho e da potência, assim como qual deve ser o tipo de abertura no ambiente. “A instalação deve ser feita por um profissional capacitado, o que significa que recebeu treinamento para a função”, disse o presidente da associação. Esse treinamento pode ser dado por instituições de ensino ou mesmo pelas fabricantes do aparelho.
Manutenção
De acordo com os fabricantes, a manutenção deve ser feita ao menos uma vez por ano. “Essa recomendação também está na norma (da ABNT), mas não é lei. Infelizmente, não há uma obrigação para isso”, explicou Abreu. Segundo o presidente da Abagás, em prédios novos existe uma fiscalização da concessionária de gás, antes do empreendimento ser inaugurado, e também é feita uma fiscalização para a concessão do Habite-se – uma autorização municipal para o uso do imóvel. “No entanto, em imóveis já habitados, isso não existe”, disse Abreu.

Aquecedores Campinas - Venda, instalação e manutenção de aquecedores à gás e solar
Rua Manoel Antunes Novo, 778 - Barão Geraldo - 19 3289-1845 | 3208-1493 | 99164-8445

 

 

Tags: Construir


Adicionar comentário


Vinhedo, SP

Rua São Thomé, 58 Santa Claudina,
CEP 13.280-000

Número de Telefone

+55 (19) 3876-6989

Fampage