Matéria

  • Home /
  • Cardiopatia em Cães: Tratamento e diagnóstico

Cardiopatia em Cães: Tratamento e diagnóstico

Cardiopatia em Cães: Tratamento e diagnóstico

Para diagnosticar a cardiopatia, o médico-veterinário irá realizar a auscultação, termo técnico para quando o especialista ouve os órgãos internos através do estetoscópio. Com isso, é possível saber se há ou não alteração no coração.


Porém, para o diagnóstico preciso, são necessários exames detalhados, como raio-x do tórax, eletrocardiograma e ecocardiograma. Após identificar a alteração, alguns cuidados são necessários para garantir melhor qualidade de vida ao pet. 


Entre os pontos de atenção com cachorros cardiopatas, devemos citar:


Obesidade – o excesso de peso causa complicações para o funcionamento do coração. Por isso, se o pet estiver acima do peso, é recomendado fazer mudanças na alimentação e na rotina de exercícios (sempre com orientação veterinária);


Temperatura – temperaturas extremas podem ser perigosas para cachorros cardiopatas. Tanto em períodos muito frios quanto durante as estações mais quentes, é necessário oferecer um ambiente agradável e confortável para o pet;


Exercícios físicos – apesar de recomendados, os exercícios físicos devem ser realizados com moderação. O excesso pode exigir demais do coração do cachorro.


Estresse – situações estressantes, como longos períodos sozinho, viagens longas e barulho excessivo podem afetar os cachorros cardiopatas.


Além de uma rotina saudável e tranquila, o tratamento para as cardiopatias em cães pode envolver medicação específica, que deverá sempre ser receitada por um veterinário de confiança. O acompanhamento regular por especialistas também é necessário.

Fonte: Petz

Tags: Vida Animal


Sobre o Autor

Adicionar comentário


Vinhedo, SP

Rua São Thomé, 58 Santa Claudina,
CEP 13.280-000

Número de Telefone

+55 (19) 3876-6989

Fampage